Notícias
Em jogo muito disputado, Cruzeiro supera o Fluminense e avança para as quartas
Maior de Minas fez 3 a 1 nos pênaltis e segue com sonho do hepta
05/06/2019 - 22:30

Uma noite de pressão no estádio do Mineirão. A equipe do Cruzeiro encarou o Fluminense, às 19h15 desta quarta-feira, pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Precisando de uma vitória para garantir a classificação já nos 90 minutos – já que o primeiro jogo acabou em 1 a 1 –, o time celeste colocou pressão, mas o duelo acabou novamente empatado. Entretanto, nos pênaltis, o Maior de Minas levou a melhor e passou para a próxima fase da competição.

O Cruzeiro iniciou a partida tentando pressionar o adversário, o que aconteceu logo na saída de bola do goleiro, aos 5 minutos. O gol só não saiu porque Robinho finalizou em cima do camisa 1. Aos 11 minutos, entretanto, o Fluminense abriu o placar. Dedé fez pênalti em Brenner. Na cobrança, Ganso bateu, Fábio espalmou e, no rebote, Luciano colocou para dentro. Mas o árbitro mandou voltar o lance. Na nova cobrança, Ganso balançou as redes e fez 1 a 0. Depois de marcar o tento, a equipe carioca reduziu o ritmo e passou a esperar mais as ações do Cruzeiro. Mesmo assim, durante o restante do primeiro tempo, nenhuma das equipes chegou com muito perigo.

Na volta do intervalo, a equipe de Mano teve mais eficiência nas investidas e logo conseguiu o empate. Após cobrança de escanteio, Ariel Cabral tocou de cabeça para Thiago Neves, que deu um peixinho e mandou para o gol. Com o jogo igualado, o Fluminense obrigou-se a sair novamente ao ataque, deixando mais espaços para a Raposa. Aos 31 minutos, Pedro Rocha foi derrubado na área por Gilberto. O árbitro marcou o pênalti, mas, na cobrança de Sassá, o goleiro Agenor defendeu. Logo em seguida, outra penalidade máxima para o Cruzeiro. Experiente, Thiago Neves assumiu a responsabilidade e marcou o segundo da equipe celeste. Aos 39 minutos, Luciano cabeceou bem após cobrança de escanteio do tricolor, mas Fábio estava atento e fez excelente defesa. Logo depois, o Cruzeiro tentou contra-ataque com Pedro Rocha e Sassá, mas Agenor fez boa defesa. O time estrelado tentou segurar o placar até os últimos minutos, entretanto, no último lance, já nos acréscimos, João Pedro recebeu na grande área e deixou tudo igual novamente. Se o clima já era de tensão, ficou mais ainda, pois a decisão foi levada aos pênaltis.

Nas cobranças, o Maior de Minas se deu melhor e venceu por 3 a 1 a equipe carioca, garantindo a vaga para as quartas de final e continuando a caminhada rumo ao heptacampeonato da Copa do Brasil.

O técnico estrelado se mostrou satisfeito e confiante com o novo momento. "Fico contente. O Cruzeiro está de volta. Eu já disse no domingo. Agora, confirmamos num jogo de mata-mata, a gente volta a render bem num momento crucial. Esse era o jogo mais importante do primeiro semestre. Se tornou. Das metas todas que traçamos, só estamos devendo no Campeonato Brasileiro”. Mano ainda comentou sobre o futuro da sua equipe na Copa do Brasil. "Temos intenção e necessidade de buscar melhoras, porque será muito difícil ganhar a terceira Copa do Brasil consecutiva. Uma é difícil, duas ainda mais, imagina três? Teremos adversários duros. Hoje o empate tem sabor de vitória", declarou o treinador.

Passado o compromisso cumprido com sucesso nesta quarta-feira, o Cruzeiro volta a campo no próximo sábado, às 19 horas, diante do Corinthians, pela oitava rodada da competição. A partida será novamente no Mineirão.


• Notícias Anteriores
• Últimas Notícias

19/10/2019 - 13:33:27

18/10/2019 - 16:54:45

18/10/2019 - 16:48:47

18/10/2019 - 16:47:02

18/10/2019 - 16:46:03

17/10/2019 - 17:53:27

17/10/2019 - 17:48:24

17/10/2019 - 17:47:33

17/10/2019 - 09:17:52

16/10/2019 - 23:24:44

16/10/2019 - 16:45:58

16/10/2019 - 16:35:18

15/10/2019 - 17:36:37

15/10/2019 - 14:58:11

14/10/2019 - 17:52:13

14/10/2019 - 17:50:12

14/10/2019 - 17:25:03

14/10/2019 - 17:20:53

13/10/2019 - 10:25:07

13/10/2019 - 09:47:01

11/10/2019 - 17:55:00

11/10/2019 - 14:25:59

10/10/2019 - 17:47:02

10/10/2019 - 10:18:30

10/10/2019 - 00:32:17